A jovem Julissa Emile, de 19 anos, foi assistir recentemente uma competição de poesia em uma universidade em Chicago, nos EUA. Ela ...

💜
2017

As imagens desses estudantes em um banheiro de gênero neutro viralizaram pelo melhor motivo

/
0 Comments


A jovem Julissa Emile, de 19 anos, foi assistir recentemente uma competição de poesia em uma universidade em Chicago, nos EUA. Ela e seus amigos então resolveram tirar uma selfie para mostrar como algo que costuma ser tratado feito um enorme tabu pode ser, na verdade, algo bastante natural e inclusivo: ela compartilhou em seu Twitter uma foto tirada com seus amigos em um banheiro unissex, de gênero neutro, que pode ser usado por toda e qualquer identidade sexual.

 Emile1 

O tweet de Emile viralizou, mostrando a novidade dos banheiros unissex. A legenda diz: “Um banheiro de gênero neutro, mas cada vez que eu tiro uma foto mais pessoas queer aparecem para posar”.

Emile4 

A recepção, tanto ao tweet de Emile quanto à novidade dos banheiros foi majoritariamente bem recebida pela rede, e as benesses de um banheiro sem divisão por gênero parecem ir além da inclusão de diversas identidades sexuais e da proteção à população LGBTQ: aos pais que querem acompanhar seus filhos, assim como idosos ou deficientes que precisem de companhia no banheiro, a vantagem é evidente.

 Emile3 

Os banheiros unissex são novidade pelo mundo, provocando muita controvérsia em toda parte. Aos poucos que reagiram com críticas ao tweet, no entanto, a própria resposta de Emile é o que melhor aponta o despropósito de todas as reações contrárias: “As pessoas literalmente possuem banheiros de gênero neutro em suas casas. Qual é a grande questão?”, ela diz.

Emile5 

O ponto mais importante do debate, no entanto, é um só: “É absolutamente possível que pessoas coexistam sem violência, especialmente em uma situação tão simples quanto ir ao banheiro”, afirma Emile.

Emile2 

© fotos: Twitter


Nenhum comentário: