slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img

  É num cantinho muito iluminado da Vila Mariana que o casal de publicitários Guilherme Gomes Glir e Renata Kondo Strapasson chamam de...

Casal faz uso do DIY para dar vida a apartamento com cara de casa de vó

💜
2019
 

É num cantinho muito iluminado da Vila Mariana que o casal de publicitários Guilherme Gomes Glir e Renata Kondo Strapasson chamam de lar. O apartamento antigo ganhou nova roupagem com a dedicação da dupla que, literalmente, coloca a mão na massa. Além de compartilharem uma vida a dois, também dividem as funções e a sociedade da Canário, loja de móveis e decoração feita à mão.

Por conta de uma proposta de trabalho recebida há dois anos, eles saíram de sua cidade, Curitiba, para viver na insana capital paulista. Mas foi exatamente na terra das oportunidades que afinaram ainda mais seu gosto por DIY (siga para do it yourself ou faça isso você mesmo), transformando-o em profissão a partir de 2016. A gente já montava algumas coisas sem nem morarmos juntos. Pensávamos: ‘ah, depois a gente vê o que faz com isso’. Aí nos casamos e os amigos começaram a nos pedir coisas, como o suporte para vinhos e a mesinha de centro, contou Renata, que me recebeu desprevenida, de pijamão (mas quem pagou o mico fui eu, que apostei minhas fichas no envio de um e-mail não visualizado a tempo!).

 

 


 

 


 

 


 


 


 


Todas as fotos por © Brunella Nunes

Quem curte guloseimas com certeza gosta dos produtos da Fini. E o novo lançamento da empresa inspirado nos mega populares emojis, pr...

Fini lança balas emoji. E nem o cocô ficou de fora…

💜
2019

Quem curte guloseimas com certeza gosta dos produtos da Fini. E o novo lançamento da empresa inspirado nos mega populares emojis, promete fazer sucesso.

São balinhas de gelatina em nove formatos, todos inspirados nos emojis. Tem o macaquinho tapando a boca, o sorriso, a carinha de raiva, o coração e até o cocozinho.

Além dos formatos inusitados, as balas vêm em três cores e sabores, e cada um traz uma sensação diferente para a boca: o de morango (vermelho) parece aquecer, o de cola (marrom) traz a efervescência e o de salada de frutas (amarelo) dá a sensação de azedinho.

O pacotinho de 90 gramas é vendido por R$ 4,39 no site da empresa e já está chegando aos pontos de venda de todo o país.

Fotos: Divulgação

Antes mesmo de começar, a Copa do Mundo da Rússia já tem uma seleção sensação do torneio – daquelas pela qual a maioria dos torcedor...

O emocionante comercial da Coca-Cola para a Islândia na Copa foi dirigido pelo goleiro da seleção

💜
2019

Antes mesmo de começar, a Copa do Mundo da Rússia já tem uma seleção sensação do torneio – daquelas pela qual a maioria dos torcedores apaixonados de fato pelo mundial e pelo esporte irá torcer em paralelo. Trata-se da Islândia, o belo, gelado e pequeno país situado no Atlântico Norte que pela primeira vez se classificou para a Copa, vencendo a vaga inclusive da poderosa Itália. Estando em um grupo difícil, com Argentina, Croácia e Nigéria, a Islândia não possui maiores pretensões ao titulo, mas promete ser uma pedra na chuteira dessas seleções – e grande parte dessa obstinação vem da população do país, que orgulhosamente se uniu para torcer pela primeira vez por sua seleção em um Mundial.


Foi esse o espírito que a Coca-Cola quis capturar no comercial que lançou recentemente, celebrando no país a chegada do Mundial – e a chegada da Islândia no torneio. Utilizando uma batida que funciona como um hino da torcida islandesa nos jogos, o comercial quis justamente significar esse espírito de união que vem mobilizando toda população de pouco mais de 300 mil habitantes do país.
E para dirigir a peça em vídeo foi chamado Hannes Thór Halldórsson, diretor islandês de 34 anos que não só vem se caracterizando pelas belas imagens em filmes e clipes, como também por um dado nada mero: ele é também um dos goleiros convocados para defender a Islândia na Rússia.


O diretor e goleiro Hannes Thór Halldórsson
 
O vídeo percorre o território do país, suas tradições, hábitos, suas incríveis paisagens, sua neve, sua população nessa união – significada por uma edição que vai, aos poucos, transformando os sons capturados nessa verdadeira viagem em vídeo pela Islândia na batida característica de sua torcida.

 

 

 

Seja qual for o resultado não só do Mundial como da própria participação islandesa, todo país pequeno que estreia na Copa merece nossa simpatia e respeito – como um segundo time pelo qual também poderemos torcer.

 

© fotos: reprodução

Pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estavam há três meses debruçados em estudos acerca das propriedades anestésicas ...

EUA registram propriedade medicinal do jambu, impedindo pesquisa brasileira em andamento

💜
2019
Pesquisadores da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) estavam há três meses debruçados em estudos acerca das propriedades anestésicas de uma erva típica da região Norte do país, o jambu.

Contudo o trabalho acaba de ser interrompido pelos Estados Unidos por meio de uma patente que impede o lançamento no mercado de uma pomada bucal de uso odontológico. O governo norte-americano está de olho e uma substância chamada spilantol, encontrada no jambu  e que pode ser utilizada como anestésico, anitsséptico e até vendida no mercado como cosmético. 

Mesmo não sendo encontrado fora de locais com clima tropical, o jambu está registrado em 15 patentes nos Estados Unidos e outras 34 na Europa. De acordo com o cientistas da Universidade Federal do Amazonas além de comprovar a importância do saber ancestral, a situação ressalta a falta de zelo para que tais informações não caiam na mão de estrangeiros.


A falta de proteção está prejudicando pesquisadores brasileiros

Sem os direitos de estudo do jambu, o Departamento de Fisiologia Humana da Ufam diz que novas pesquisas vão ter que ser feitas com pelo menos três outras espécies de plantas, que apresentam propriedades semelhantes ao spilantol. Os nomes são mantidos em segredo para evitar a apropriação de terceiros. 

O spilantol está chamando a atenção de países como os EUA pela versatilidade, principalmente pela possibilidade de ser utilizado em produtos de beleza e até na criação de um tipo de botox menos tóxico. 

Foto: Wikipédia

  O goleiro iraniano Alireza Beiranvand terá as fortes seleções da Espanha e de Portugal pela frente na Copa do Mundo. E o desafio de...

Goleiro do Irã dormiu na rua pelo sonho de jogar futebol. Agora é destaque da seleção na Copa

💜
2019
 

O goleiro iraniano Alireza Beiranvand terá as fortes seleções da Espanha e de Portugal pela frente na Copa do Mundo. E o desafio de parar craques como Iniesta e Cristiano Ronaldo nem parece tão difícil para quem até dormiu na rua para perseguir o sonho de se tornar profissional do futebol.

Alireza passou a infância nas montanhas de Lorestão, no oeste do Irã. Filho mais velho em uma família de pastores nômades, ele passava horas andando pelas pastagens em busca de comida para o rebanho de ovelhas. Nas horas vagas, jogava futebol, como tantos jovens ao redor do mundo.

Aos 12 anos, a família decidiu estabelecer residência na cidade de Sarabias, onde havia um clube de futebol. Alireza começou a treinar lá, mas como atacante. A lesão do goleiro titular foi um capricho do destino, e, graças à altura (hoje ele mede 1,92m), o menino foi parar no gol.

O desejo de se tornar jogador não agradava ao pai, que achava quase impossível ele se tornar profissional e o incentivava a procurar emprego. Ele até rasgou as luvas e o uniforme do filho, o que obrigou o garoto a treinar de mãos limpas várias vezes.

O conflito fez com que Alireza decidisse deixar a família para trás para seguir em busca do sonho. Ele se mudou para Teerã, a capital do país, para tentar a sorte em algum dos clubes mais importantes do Irã. E logo durante a viagem, dentro do ônibus, ele conheceu Hossein Feiz, técnico que lhe ofereceu uma chance de treinar – mas só se o garoto pagasse por isso.

Mesmo sabendo que o dinheiro estava contado para garantir um lugar para dormir, Alireza achou que não podia deixar a chance passar. Acabou precisando dormir próximo à Torre Azadi, junto de imigrantes e outras pessoas em situação de rua. Em outras noites, adormeceu perto do clube onde pagava para treinar.

O capitão da equipe juvenil ofereceu a casa para o companheiro, mas pediu que ele pagasse para ajudar com as despesas. Fábrica de roupas, lava-jato, pizzaria e varrição de rua foram alguns dos trabalhos a que ele se dedicou para poder ganhar algum dinheiro.

Mas, finalmente, a equipe sub-23 do Naft Teerã precisou de um goleiro, e ele agarrou a oportunidade. Em pouco tempo ele se tornou titular da seleção sub-23 e da equipe principal do Naft. Em 2015, veio a chance na seleção principal iraniana.


Foram 12 jogos sem sofrer gol nas eliminatórias para a Copa. A solidez defensiva foi fundamental para que a seleção do Irã se classificasse para o Mundial da Rússia, em que estreou com vitória sobre Marrocos. 1 a 0, e mais um jogo sem sofrer gols para a conta de Alireza Beiranvand. Que venham Espanha e Portugal.

Fotos: Reprodução

Você já deve ter ouvido alguém dizendo assim, “nossa, mas tu toma mais Coca-Cola do que água!’. Então prepare-se para a sua redenção. Agora...

Coca-Cola lança versão transparente de uma das bebidas mais famosas do mundo

💜
2019
Você já deve ter ouvido alguém dizendo assim, “nossa, mas tu toma mais Coca-Cola do que água!’. Então prepare-se para a sua redenção. Agora existe um sério risco das pessoas ingerirem o refrigerante por engano. 

De acordo com o site Japan Today, a gigante norte-americana vai lançar uma versão transparente da tradicional bebida. Dá pra imaginar tomar uma Coca-Cola com a sensação de estar bebendo água?

Não se engane, pois não é o que parece

A diferença para o tradicional marrom é que esta versão, batizada de Coca-Cola Clear, tem um leve toque cítrico, o que deixa o sabor mais refrescante. Outra coisa, ela vai ser produzida com 1% de suco de limão e zero calorias e é menos doce do que a tradicional pela ausência de caramelo. 

Até o momento a Coca-Cola está disponível somente no Japão, pois o mercado foi escolhido pelo país viver uma febre de bebidas transparentes. 

Foto: Reprodução

  O chef americano Anthony Bourdain, um dos mais queridos e interessantes cozinheiros, críticos de gastronomia, escritores e jornalis...

Para agradecer ajuda de Bourdain, dono de restaurante doa lucro para prevenção ao suicídio

💜
2019
 

O chef americano Anthony Bourdain, um dos mais queridos e interessantes cozinheiros, críticos de gastronomia, escritores e jornalistas culinários do mundo, recentemente lamentavelmente decidiu tirar sua própria vida. As reações na imprensa internacional foram intensas, demonstrando não só o legado culinário de Bourdain, como também a própria rede de afeto que cercava sua figura. Um dos mais simples tributos a Bourdain, no entanto, acabou por sendo um dos mais comoventes, do dono do restaurante Xi’an Famous Foods, em Nova Iorque, através de um post no Facebook.

O chef e escritor culinário Anthony Bourdain

Segundo Jason Wang, o gerente do estabelecimento, a saúde econômica de seu restaurante ia bastante mal até que um dia Bourdain decidiu visita-lo, para seu programa “No Reservations”. Diante da surpresa da visita, o pai de Wang decidiu preparar diversos pratos do cardápio para receber a estrela da culinária e da TV – e, depois da visita, veio o sucesso, e as coisas melhoraram radicalmente em sua vida, de tal forma que hoje o Xi’an Famous Foods já possui nada menos que 12 filiais por Nova Iorque. O próprio Wang credita todo seu sucesso à visita de Bourdain – e oito anos depois ele pode agradece-lo.

Wang e Bourdain

“Eu me lembro que anos depois, em 2015, depois de uma entrevista juntos para um artigo, eu fui até Tony e lhe disse que, ainda que ele provavelmente não tivesse ideia do que havia feito por minha família e pelos negócios ao simplesmente dizer que tinha gostado da comida, eu gostaria que ele soubesse o quanto havia ajudado a tirar nossa família de um apartamento de um cômodo para que pudéssemos viver o sonho americano”, escreveu Wang. “Pudemos crescer os negócios e oferecer boa comida para nossos clientes, assim como oportunidades para nossos empregados. Eu olhei nos seus olhos e disse o quanto aquilo era algo pelo qual seria grato para sempre. E ele simplesmente respondeu: ‘eu só reconheci uma boa comida pelo que ela era, só isso’”.

A homenagem de Wang, no entanto, não parou por aí. Para lembrar a vida de Bourdain e a generosidade com que seu olhar mudou sua vida, o gerente decidiu que todo o lucro alcançado em sua rede de restaurantes no último dia 08 de junho, quando o crítico faleceu, seria doado para um programa nacional norte-americano de prevenção ao suicídio.

Quadro de Bourdain provando um hambúrguer de cordeiro em uma das filiais do restaurante

“Eu perdi um querido amigo hoje, e nós estamos em luto junto com o resto do mundo”, disse Wang. “Por favor, cuidemos de nossas vidas e ajudemos aos que podem estar sofrendo. Descanse em paz, Tony, e minhas mais sinceras condolências à sua amada família”.

Acima, Bourdain provando a comida do Xi’an; abaixo, ele e Wang
© fotos: Facebook/divulgação

Em um minuto, você está relaxando em uma montanha. No próximo, você está sendo engolfado pela maior lua que já viu, descendo rapidament...

Este estranho vídeo da lua descendo sobre a Terra é totalmente real

💜
2019
Em um minuto, você está relaxando em uma montanha. No próximo, você está sendo engolfado pela maior lua que já viu, descendo rapidamente até a superfície da Terra.

O vídeo acima é totalmente real, mas as pessoas não estão em nenhum perigo. Certamente, todos teríamos percebido se nosso satélite simplesmente desmoronasse sobre nós desse jeito, acabando com a vida como a conhecemos.

Então, o que está realmente acontecendo nessa filmagem?

Lente telescópica

A lua parece tão grande no vídeo porque é vista através de uma lente telescópica. Ela está, na realidade, muito, muito longe.

Conhecida como “lua de leite”, esta foi a primeira lua cheia do mês de maio. A filmagem foi capturada no último dia 30 por Daniel López sobre o Monte Teide, um vulcão nas Ilhas Canárias.

As pessoas que aparecem no vídeo estão a cerca de 16 quilômetros de distância do telescópio e, curiosamente, na verdade não estão assistindo ao desaparecimento da lua, mas sim ao nascer do sol, que está acontecendo logo atrás do fotógrafo. Não é coincidência que um se ponha justamente quando o outro nasce, porque o sol está sempre do lado oposto do céu de uma lua cheia.
Para os espectadores, vale notar, a lua fraca da manhã não pareceu maior do que o normal.

Um show de ilusão da natureza

Outro aspecto interessante da filmagem, conforme explica a NASA, é que não é a lua que está realizando a maior parte do movimento – na verdade, estamos vendo a rotação do nosso planeta.Em outras palavras, o que está se movendo é principalmente a Terra, cuja rotação faz com que a lua desapareça atrás do Monte Teide.

E o vídeo também não é um time-lapse. A velocidade com que a lua se põe é exatamente quão rápido o fenômeno ocorreu.

Como se vê, a ciência também sabe realizar truques de mágica. [NASA, ScienceAlert]

A gigante farmacêutica Bayer está sendo processada por um grupo de apicultores franceses que dizem ter encontrado vestígios de glifos...

Apicultores encontram glifosato no mel e entram na justiça contra Bayer

💜
2019

A gigante farmacêutica Bayer está sendo processada por um grupo de apicultores franceses que dizem ter encontrado vestígios de glifosato no mel produzido pelas abelhas. De acordo com a AFP a cooperativa, que representa cerca de 200 produtores, alega ter detectado a presença do composto em três lotes de um dos membros. 

Emmanuel Ludot, representante dos apicultores, ressalta o risco de contaminação pois as colmeias estão localizadas próximas de plantações de beterrabas e girassóis. O advogado alertou ainda sobre o uso excessivo do Roundup pelos agricultores. 

O glifosato é um herbicida desenvolvido para matar ervas daninhas. O composto foi descoberto pelo químico John E. Franz na década de 1970 e atualmente é utilizado pela gigante norte-americana Monsanto sob o nome de Roundup. No Brasil ficou conhecido como Mata-Mato.

O veneno encontrado pelos apicultores é fruto do Roundup

É justamente a presença da Monsanto na história que vem gerando revolta dos agricultores. A empresa, recentemente adquirida pela Bayer em uma transação superior aos 240 bilhões de reais, é constantemente alvo de manifestações de ambientalistas em função dos efeitos nocivos para a saúde causados por seus produtos. 

Diante da denúncia a expectativa agora é que o Roundup, líder de mercado na França, perca força entre os produtores rurais do país europeu. O presidente Emmanuel Macron assegurou o banimento do veneno até 2021.
A Monsanto foi comprada pela Bayer em uma transação bilionária

Fotos: foto 1: Unsplash/foto 2: Reprodução/Wikipédia

O professor de direito constitucional da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, Oscar Vilhena, acaba de denunciar em sua coluna na Folha d...

A aterradora história da brasileira que foi submetida a uma laqueadura sem consentimento

💜
2019
O professor de direito constitucional da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo, Oscar Vilhena, acaba de denunciar em sua coluna na Folha de São Paulo um caso envolvendo Janaína Aparecida Quirino. 

Janaína é mãe de cinco filhos e vítima da desigualdade social que permeia o Brasil. Sem condições financeiras, a jovem circulou por abrigos da cidade de Mococa, no interior paulista, até ser presa por tráfico de drogas. Há sete meses cumprindo pena, Janaína acaba de ser vítima de um procedimento forçado de laqueadura. 

O processo de violação, que não teve consentimento, foi, pasmem, autorizado pelo Ministério Público, que na figura do juiz Djalma Moreira Gomes Junior e do promotor Frederico Liserre Barruffini, obrigou o município a realizar o procedimento de esterilização. Segundo Barruffini “não havia dúvidas de que somente a realização de laqueadura tubária na requerida será eficaz para salvaguardar a sua vida”.

O Brasil vive um processo de criminalização da pobreza

Pobre e em situação de rua, Janaína Aparecida Quirino passou boa parte de sua vida em situação de vulnerabilidade e ao ser impedida de ter filhos, é mais uma vez criminalizada e punida pela Justiça brasileira. 

Falando do HuffPost Brasil, a ativista Ana Lúcia Keunecke destaca a presença da violência obstétrica, especialmente se tratando de um procedimento vetado pelo Código de Ética Médico. “Não é recomendado pelo CFM (Conselho Federal de Medicina), pela OMS, a realização de laqueadura no momento da cirurgia cesariana porque isso aumenta a probabilidade de mortalidade materna”.
Diante da grande repercussão o Ministério Público de São Paulo emitiu nota afirmando que já instaurou uma reclamação disciplinar para apurar o caso. Contudo o MP salienta que o procedimento foi realizado com base em decisão judicial. 

Para o Instituto de Garantias Penais (IGB) a autorização para a realização do procedimento de laqueadura demonstra uma visão objetificada e com traços de eugenia do Estado sobre um problema social. “A esterilização compulsória e eugênica, como a que se faz com os animais, evoca O Processo kafkiano. Janaína K. acordou detida por pessoas que não conhece, a fim de responder a processo judicial do qual não sabe o motivo, movido por uma Justiça que agora rende à clientela típica do direito penal os abusos em outras searas jurídicas”, diz o presidente da entidade e advogado Ticiano Figueiredo.

Racismo e criminalização da pobreza

O caso de Janaína Aparecida Quirino revela uma prática comum da Justiça e do sistema prisional brasileiro, a de criminalização da pobreza. O Brasil é dono da terceira população carcerária do mundo e cerca de 64% dos presos são negros. 

A cada duas mulheres detidas nas penitenciárias brasileiras duas são negras. O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) aponta que 68% da ocupação das penitenciárias femininas é de mulheres negras. Além disso mais de 50% das presas possui apenas o ensino fundamental incompleto. 

Para Nilma Lino Gomes, ex-ministra de Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, a criminalização de negras e negros pelos variados setores demonstram uma visão perversa da sociedade. 

“Os dados que temos hoje sobre encarceramento das mulheres e das mulheres negras caminham com essa articulação que hoje nós conseguimos fazer tanto no campo das pesquisas, quanto de políticas públicas. Gênero e raça, quando operam conjuntamente, revelam a perversidade de estruturas desiguais em nossa sociedade”, declarou ao ITTC.
Fotos: Fotos Públicas/Valter Campanato/Agência Brasil