slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img
slider img

A fotógrafa que se identifica como BatzayaPhotography viajou para a Mongólia com alguns amigos de profissão e, além de fazerem um ...

Fotógrafa registra casamento indígena na taiga selvagem da Mongólia

💜
2019
A fotógrafa que se identifica como BatzayaPhotography viajou para a Mongólia com alguns amigos de profissão e, além de fazerem um tour fotográfico padrão pela Mongólia, foram também convidados para um casamento da tribo Tsaatan nas remotas montanhas da taiga, lar de renas nômades e de nativos do local. Os jovens casais chegavam montando lindos cavalos brancos em vez de um carrão preto. “Fiquei imaginando o quão diferente é da cerimônia de casamento ocidental”, conta.

Foi uma experiência cultural e aventureira indescritível, começando a viagem a partir da cidade capital da Mongólia, se reunindo com um guia de fotografia da Mongólia e equipe de aventura. No dia seguinte, o grupo voou para a cidade de Murun, o centro administrativo da província de Khovsgol. “Fiquei impressionada quando vi pela primeira vez as minivans 4WD russas no aeroporto local e senti que algo selvagem e aventureiro estaria à nossa espera nos próximos dias”, descreve.
Casamento tradicional da tribo Tsaatan na taiga selvagem mongol

No dia seguinte, o grupo empacotou os equipamento de fotografia e todos os nossos pertences e partiram montados a cavalo. “A rena é o transporte principal do povo Tsaatan, mas não poderem ser usadas como transporte no verão. Então selamos os cavalos e nos encontramos as montanhas da taiga do norte da Mongólia”, conta. “Nós chegamos à tribo Tsaatan em East Taiga, havia algumas tendas, renas, pessoas Tsaatan e seus filhos. Esperávamos que os pastores de renas parecessem mais como os índios americanos, mas eles são tsaatanos mongóis, pessoas Dukha que mantêm suas antigas tradições e ainda vivem a vida primitiva nas montanhas”.

O caminho para o casamento
O grande dia chegou e o fotógrafo acompanhou tudo, desde os preparativos até o final da cerimônia. Batdalai, noiva de 20 anos de idade, e seu jovem noivo é de 18 anos, receberam muitos convidados e parentes. “Os tsaatanos seguem a lei natural para viver e, na dura condição de vida das altas montanhas, eles não têm oportunidade suficiente para conhecer seus parentes”. No dia especial, todos os parentes, crianças e outros visitantes se reúnem.
Na tenda da noiva, os mais velhos têm que se sentar ao norte, simbolizando que eles estão respeitando os mais antigos. O pai do noivo tem que pedir ao pai da noiva para deixar o filho se casar com a filha – este é outro elemento da tradição do casamento. Assim que o pai da noiva aprova o casamento, tudo começa oficialmente. “Outra tradição interessante é que o pai da noiva não concorda com facilidade, ele está agindo como se ele não quisesse deixar sua filha se casar”.
Finalmente, depois de muito tempo implorando, o pai concordou e pegou seu lenço de seda para expressar sua concordância. Tudo na tenda tem significados simbólicos, a mesa de casamento e a comida também, a refeição tradicional, o huushuur, tem que ser oferecido primeiro, depois outras refeições e bebidas. “Eles falam sobre a vida do jovem casal, incluindo quantas renas eles possuirão, o que fazer no caso dos pais ficarem doentes e muito mais coisas para o futuro”.
Era como um conto de fadas em que o noivo procura em sua mulher amada no cavalo branco. Os pertences da noiva são mínimos demais em comparação com os ocidentais, mas havia todas as coisas necessárias para viver nas montanhas.
Rodearam a tenda três vezes enquanto ofereciam leite de rena ao espírito da natureza, à natureza dos elementos xamânicos e à tradição viva dos mongóis.
O homem mais velho tem que tocar o prato principal de cordeiro na mesa e depois oferecer um pedaço de carne de carneiro a todos os visitantes.
Tem até luta na cerimônia.
Depois disso, o casal é convidado para a tenda de novo para trocarem de roupa, o que significa algo profundo que agora eles oficialmente possuem sua nova casa e é hora de se estabelecerem.
Os visitantes davam presentes de casamento ao casal e o estranho era pendurar o dinheiro local, tugriks mongóis, como presente. É um casamento indígena muito misterioso.
“Foi uma maneira incrível de experimentar a cultura da Mongólia, o estilo de vida da tribo étnica e do casamento, além de descobrir o canto mais remoto, a região selvagem da taiga e fotografar todos eles. Foi inacreditável”.
Fotos: BatzayaPhotography/fonte:via

“Branca norte-americana selvagem”, é assim que uma mulher dos EUA está sendo chamada após o compartilhamento de um foto posando ao...

Foto de caçadora norte-americana ao lado de girafa africana rara gera revolta nas redes

💜
2019
https://pbs.twimg.com/media/Df0zNU6UwAAKDb2.jpg
“Branca norte-americana selvagem”, é assim que uma mulher dos EUA está sendo chamada após o compartilhamento de um foto posando ao lado de uma girafa morta.  A caça foi realizada por ela durante viagem para África do Sul e na imagem é possível vê-la sorridente com um rifle enquanto a girafa aparece morta com o pescoço retorcido.
Tudo aconteceu em 2017, mas a imagem só caiu na rede em junho. Isso porque a  Africlandpost – organização de notícias online especializada em coberturas de assuntos sociais e políticos do continente, resolveu compartilhar o post em sua conta no no Twitter.
Em tom crítico a companhia garantiu se tratar de uma girafa negra, espécie de rara, morta pelo que eles chamaram de uma “branca norte-americana selvagem”. Um segundo tuíte passou a seguinte mensagem, “se seus governantes não conseguem cuidar da sua vida selvagem, está na hora de nós nos levantarmos”, convocando os seguidores assumirem a responsabilidade pela natureza africana.

A caçadora sorridente com seu ‘troféu’ é Tess Thompson Talley, natural do estado do Kentucky, que pode ser vista na segunda fotografia apontando para o céu celebrando.
“Pedidos atendidos e um sonho de uma vida se tornou realidade hoje”, disse Tess em postagem já deletada do Facebook.

Em e-mails enviados para emissoras de TV norte-americanas, Tess se defendeu afirmando se tratar de uma ‘subespécie’ que está se livrando da extinção “graças aos esforços de conservação financiados pelos caçadores”.
Mas ao que parece a girafa está sim em uma lista de vulnerabilidade internacional, pois sua população diminuiu de 30 a 40% em apenas três gerações. Em 1985 existiam entre 150,000 e 164 mil em circulação. Já em 2015 o número caiu para 98 mil. Entre os aceleradores está justamente a caça ilegal.
Foto: foto 1: Reprodução/Twitter/foto 2: John Mildinhall/Reprodução/fonte:via

A Immigration Counseling Service (ICS), uma empresa norte-americana de advocacia sem fins lucrativos especializada em imigração, ...

Crianças são obrigadas a serem os próprios ‘advogados’ em tribunais de imigração nos EUA

💜
2019
A Immigration Counseling Service (ICS), uma empresa norte-americana de advocacia sem fins lucrativos especializada em imigração, produziu um curta metragem para ilustrar mais uma monstruosidade posta em prática pelo governo Trump contra imigrantes nos EUA: depois de separar crianças e bebês de suas famílias e colocá-las em verdadeiras jaulas, muitas dessas crianças são postas em tribunais para se defenderem – sem sequer a presença de um advogado. As cenas representadas no curta foram roteirizadas a partir de transcrições de tais sessões nos tribunais de imigração.
Intitulado Unnaccompanied: Alone in America (Desacompanhado: sozinhos na América), o filme é dirigido e produzido pela cineasta Linda Freedman. “Eu me espantei com os obstáculos que as crianças enfrentam sozinhas, e com o desprezo pelos seus direitos básicos”, disse Freedman. “Eu sei em meu coração que o filme irá encontrar aqueles que se levantarão, como sempre fazem, para ajudar seus companheiros humanos na hora em que eles mais precisam”.
No filme, vemos um juiz realizando perguntas para crianças na corte, que naturalmente se mostram incapazes de sequer compreender o que está acontecendo – mas que precisam defender seu futuro sozinhas.
“Você entende do que se tratam esses procedimentos aqui na corte?”, pergunta, no filme, o juiz. Um garotinho diz que não com a cabeça. “Você sabe o que é um advogado? Você tem um advogado?” e a resposta é a mesma, para crianças diversas. São cenas de rachar o coração, e que assombram ainda mais diante do fato de não serem ficção – é uma realidade comum, que vem sistematicamente acontecendo no mais rico país do mundo.
© fotos: reprodução/fonte:via

Na última sexta-feira, 29, Paula Godwin saiu para passear com seus dois cães, como de costume. Mal sabia ela que o passeio acabari...

Este filhote saltou em cima de uma cobra para salvar a vida de sua dona e tornou-se herói

💜
2019
Na última sexta-feira, 29, Paula Godwin saiu para passear com seus dois cães, como de costume. Mal sabia ela que o passeio acabaria de uma maneira bastante incomum.
Era uma manhã bonita, mas enquanto estávamos caminhando colina abaixo, eu literalmente quase pisei em uma cascavel. Mas meu cachorrinho herói Todd me salvou. Ele pulou bem na frente da minha perna, onde eu certamente teria sido picada. É essa a aparência de um herói“, escreveu Paula no Facebook sobre o incidente.
Graças ao gesto de bravura, Todd foi picado pela cobra no rosto. De acordo com o Bored Panda, o animal foi levado imediatamente a um veterinário, onde recebeu tratamento adequado e ficou sob cuidados durante o restante do dia.
Desde então, Paula vem postando atualizações sobre o estado do animal em seu perfil no Facebook. A notícia mais recente, publicada nesta quarta-feira, 4, é de que Todd passa bem e já voltou ao normal. ♥

  Estamos acostumados a ver muitos objetos e animais que são grandes de longe, mas raramente temos a chance de vê-los em comparação com...

12 coisas que são muito maiores do que imaginamos

💜
2019
Estamos acostumados a ver muitos objetos e animais que são grandes de longe, mas raramente temos a chance de vê-los em comparação com o tamanho de um ser humano ou com outros objetos. Confira 12 objetos que são surpreendentemente grandes quando colocados em perspectiva:

12. Um vombate adulto


O vombate é um marsupial quadrúpede que mede 1 m de comprimento. Ele tem cauda curta e grossa e vive em montanhas no sul da Austrália. Eles cavam sistemas de tocas com os dentes e poderosas garras, e preferem dormir durante o dia e ir atrás de gramíneas durante a noite.

11. Tartaruga-de-couro


A Dermochelys coriacea é a maior entre as tartarugas, com média de 2 m de comprimento e 700kg. Ela vive em alto-mar, aproximando-se do litoral apenas para a desova. Ela se alimenta de águas-vivas e conseguem nadar a uma velocidade de até 35 km/h.

10. Quantas Terras caberiam no sol


1 milhão de Terras caberiam dentro do sol.

9. Caramujo-gigante-africano


O Achatina fulica é um molusco nativo da África, e atinge até 18 cm e pesa até 500 g. Esta espécie foi introduzida no Brasil na década de 1980 e tornou-se uma praga com poucos predadores. Por aqui eles não ficam tão grandes quanto na África, chegando apenas aos 10cm.

8. Coração de uma baleia azul


A baleia azul tem até 30 m de comprimento, e pesa mais de 180 toneladas. Com um corpão deste tamanho, ela precisa de um coração à altura.

7. A garra de uma águia


Esta imagem mostra como as garras de uma águia são enormes. A ave da fotografia é provavelmente uma harpia, ou gavião-real, uma das maiores aves de rapina do mundo, com envergadura de 2,5 metros e 10 kg. Ela consegue erguer mais de ¾ de seu peso. Elas vivem na América do Sul e Central.

6. Navios de cruzeiro modernos


O navio Oasis of the Seas pertence à maior classe de navios do mundo, e é cinco vezes maior que o Titanic. Ele carrega 8.461 pessoas. Enquanto o Titanic tinha 269 m de comprimento, o Oasis tem 360m. O Titanic tinha 9 andares, enquanto o Oasis tem 16.

5. Pulmão de cavalo totalmente inflado


Este pulmão de cavalo foi inflado à força. Por ser extremamente elástico, fica deste tamanho, que é muito maior que o próprio animal em si.

4. Alce entre carros


O alce é o maior entre os cervos, podendo chegar a mais de 2m de altura e pesar mais de 700 kg. Suas galhadas cilíndricas têm formato de taça e podem ter 1,60 metros de amplitude. Ele vive na Finlândia, Suécia e Noruega, Rússia e Canadá.

3. Lobos e coiotes


Se você pensa que coiotes são grandes, veja com atenção esta imagem que os mostra perto de um lobo. Enquanto os lobos pesam entre 25 a 38 kg dependendo de onde vivem, os coiotes pesam entre 8 a 20 kg.

2. Placas de trânsito


Quando estão lá no alto dos postes, podem até parecer pequenas, mas são gigantescas.

1. David de Michelangelo


Esta estátua tem 5,17 m de altura e encontra-se em Florença, na Itália. Ela representa o herói bíblico e foi revelada ao público em 1504.
fonte:via[Bored Panda