Uma baleia passou a rondar a cidade de Bergen, na Noruega neste mês de janeiro. Várias tentativas foram feitas de guiar o animal de...

💜
2017

Baleia com comportamento estranho tinha 30 sacos plásticos no estômago

/
0 Comments

Uma baleia passou a rondar a cidade de Bergen, na Noruega neste mês de janeiro. Várias tentativas foram feitas de guiar o animal de volta para águas profundas, mas a baleia voltava e encalhou três vezes. Aparentando exaustão e problemas de saúde, especialistas em vida marinha da região optaram por sacrificá-la. A baleia-bicuda-de-cuvier tinha seis metros de comprimento.

O animal foi examinado depois da morte para determinar o que havia de errado com ele. “O estômago estava cheio de plástico. Foram encontrados cerca de 30 sacos de plástico, grandes pedaços de plástico e muitas peças pequenas de plástico. Isso não é bom, é incrivelmente triste”, diz o zoólogo e professor Terje Lislevand, da Universidade de Bergen.

O pesquisador acredita que todo o material encontrado no sistema digestivo da baleia esteja por trás do comportamento estranho do animal. Tudo indica que ela estivesse sentindo muita dor.
“Esta baleia não foi feliz. O plástico formou uma grande bola em seu estômago e o encheu completamente. Pode ser que o plástico tenha entupido o sistema”, afirmou ele para o jornal Bergens Tidende.
 
 Outro fator estranho sobre a baleia é que ela foi o primeiro exemplar a ser registrado na Noruega. “Esse tipo de baleia está presente em todo o mundo, mas com a gente é uma raridade. Eu certamente já ouvi rumores de um outro exemplar nas águas norueguesas, mas esta é provavelmente a primeira baleia-bicuda-de-cuvier e primeiro encalhado neste país”.

Ele explica que ela provavelmente comeu os plásticos acreditando que fossem lulas. “Plástico não é apenas um problema para a baleia, mas também para aves e tartarugas”, aponta.
 
 
Os ossos da baleia e os plásticos serão colocados em exposição no Museu de História Natural do país, provavelmente no verão de 2019, segundo o professor. [Bergens Tidende]

 

 

 




Nenhum comentário: