Vivo constantemente um sentimento inominado ao tentar entender se falo para o lado certo do cérebro amado Há muito constatei que...

💜
2017

Sentimento Inominado

/
0 Comments



Vivo constantemente
um sentimento inominado
ao tentar entender
se falo para o lado
certo do cérebro amado

Há muito constatei
que o lado esquerdo,
que serve para a lógica,
matemática e coerência,
é visivelmente retardado

Já, literalmente, por outro lado,
o direito, que é reservado
para a sensibilidade,
interpretação e poesia,
é, sem dúvida, super-dotado

E assim vou vivendo,
na inconstância do momento,
sem saber se o que digo
é o inicio da solução
ou a causa da confusão.

Se o lado esquerdo
controla a linguagem
e a razão, como viver
para, um dia, saber
onde guardo minha emoção?

Se o lado direito
é bom em reconhecer rostos,
o que seria de quem
perde o adolescente poder
de julgar pela aparência?

Se o lado esquerdo
detecta o presente
e racionaliza o lugar no universo,
o lado direito é onisciente
e onipresente em qualquer verso.

Por isso, o esforço em entender
se mistura com o prazer
de simplesmente conviver,
a cada dia, com cada lado
do chamado sentimento inominado.


Nenhum comentário: