Não te vou mentir, sinto a tua falta. Mas não a toda a hora. Quando me levanto, eu não penso como será que tu estás, nem fico desesperada ...

💜
2017

DESCULPA

/
0 Comments
Não te vou mentir, sinto a tua falta. Mas não a toda a hora. Quando me levanto, eu não penso como será que tu estás, nem fico desesperada por mensagens ao querer falar contigo por sms. Quando eu me lembro de ti, eu sinto-me vazia, como se alguma coisa, faltasse em mim… mas na verdade, está. Recordo-me de todas as vezes que eu te vi, que tu sorriste, que nós falamos, basicamente, de tudo… e nesse momento eu sinto tanta falta, uma vontade de esquecer todos os erros que eu cometi e correr atrás de ti, mas apesar de tudo isso… Eu ainda me lembro do que não queria, mas é inevitável… De todas as vezes que eu chorei por ti, de tudo o que tu me prometes-te e não cumpriste, de todas as mentiras, de todos os erros… E eu não posso correr atrás de alguém que apesar de me fazer sorrir, destrói cada parte que ainda sobrou de mim. Desculpa…



Nenhum comentário: