Menino de rua que vagas Caminha a mesmo em desatino A choramingar as mágoas Que te traçara o destino Menino de rua que és O futuro da naçã...

💜
2017

MENINO DE RUA

/
0 Comments
Menino de rua que vagas Caminha a mesmo em desatino A choramingar as mágoas Que te traçara o destino Menino de rua que és O futuro da nação Mergulhado em teu revés Sofre discriminação Caminhante sem roteiro À procura de carinho Passa fome o dia inteiro Desfalecendo no caminho És tu, um filho do mundo Órfão de pais que vivem ainda Um sentimento profundo Um desfavor que não finda Tu que vives por viver Esta tua vida cansada Não pediste pra nascer Julgas ser a mãe, culpada Menino que, em tua estrada Não tem paz, não tem guarida Não tem ponto de chegada E nem ponto de partida Vivendo tu tristemente Em meio à multidão suplicas inutilmente Por um pedaço de pão Muitas vezes, pra comer Te sujeitas a roubar Sei que não é por querer Mas sim, por necessitar Não sabes o que é estudar Teu professor é cruel Pois te ensina a se drogar, Tomar esse amargo fel Rogo a Deus por ti amigo Pois conheço a tua história Que te livres do perigo E te conceda vitória


Nenhum comentário: