Desde de inicio,passando por uma rua fiz uma inscrição muito comum naquele momento,era um curso a ser feito naquele local. Repentem...

💜
2017

ELE

/
0 Comments
Desde de inicio,passando por uma rua fiz uma inscrição muito comum naquele momento,era um curso a ser feito naquele local. Repentemente eu o a vir passar,com seu andado calmo,com um olhar longe e pequeno sim.. era um oriental de cabelos castanhos,com sua pele branca como neve,alto,magro,bem despojado em sua vestimenta,com seu copo imenso de café.Passou perto de mim,sim... ele passou perto de mim e eu o olhei sem desface,sem rodeios,meu olhar fixou diante dos teus olhos que me seguia cada passo que eu dava. Parece não ter fim.. me deparei com um sentimento leve,um calafrio imenso,pernas tremulas,eu me apaixonei,foi magico,foi fantásticos foi inevitável.Eu precisava sentir aquilo de novo.Dia seguinte eu o a vir passar mas não tive aquele mesmo impacto como no primeiro dia,no corredor sozinho sentado no chão,meio só,meio vazio,com um monte de papéis possivelmente estudando muito,queria ter dado um "oi" ou um "bom dia",mas tudo dentro de mim ficou preso,sim tudo...era vergonha,medo de errar,medo de botar tudo a perder,virei as costas e fui pra sala de aula e ele continuou sozinho com seus papéis e cálculos.No dia seguinte não o a vir passar mas fiquei pensando nele o dia inteiro,termino do curso as 12:00 andando pelo corredor descendo as escadas,avisto ele sentado em um banco de cimento,sozinho com seus papéis,sua mochila do lado e o seu violão encostado do lado do banco.Me perguntei 'violão? Ele deve fazer musica'Tão lindo sentado e lendo seus papéis,fui pra casa satisfeita sabendo que o vir hoje e naquele momento único.No dia seguinte foi tudo rápido eu vir,ele me viu e cada um foi pro seu lado,depois daí não vir mas.No quinto dia sair cedo de casa para ir ao curso,com cara de sono quase dormindo em pé,algo me despertou naquela manhã,o corredor estava vazio,ão passava ninguém eu fiquei feliz,assim ninguém me ver passar por ali.Em direção a sala,encontrei meu colega de turma conversando imaginei tem alguém com ele na sala.Pronto entrei de vez na sala e me deparei com ele,sentado na cadeira do professor,com seus papéis na mesa e algumas folhas espalhadas, aparentemente era seu dever,do lado dele a via duas cadeira uma apoiava a mochila e a outra apoiava seu violão em capa preta e bem reforçada ,fiquei olhando e imaginando meu Deus o que eu falo agora,disse "bom dia" meu colega de turma respondeu e ele também,com sua voz meiga e romântica teus olhos apertados nos óculos de grau,teus cabelos castanhos e leves em cima de sua testa,suspendeu a cabeça e disse bom dia,qui perfeição disse para mim mesma era a primeira vez que eu a vir tão perto de mim,sentir a brisa do teu cheiro sendo carregado pelo vento que entrava e saia das janelas,sem reação comecei a conversar com o meu colega de turma sobre internet,quando de repente..aquela voz meiga arrastada pela sua calma,como se fosse uma tarde de um por do sol e o frescor das árvores,sim era ele a voz dele dizendo"você quer acessar internet?" eu quase não respondia eu ainda tava na sua voz.."sim eu quero" disse a ele.Ele parou de escrever e se levantou da sua cadeira,abriu a sua mochila e tirou de lá de dentro o seu computador portátil,ligou e veio em minha direção,meu colega ficou de boca aberta e sem contar de mim que fiquei sem ar.. Tão calmo,tão meigo,tão sozinho,tão vazio,virou-se as costas e sentou-se em sua cadeira continuando o que estava fazendo,fiz umas perguntas a ele e ele respondeu calmamente com toda atenção do mundo,meu Deus por que ele é assim tão diferente? disse para mim mesma e continuei a usar o seu computador,mas não deixava de o reparar a escrever,quase uma hora,ele arrumou seus papéis eu disse"já vai?" ele "sim"fiquei tão triste mas eu sabia que ia ver ele pela internet,apertou a mão de meu colega de turma e saiu,com sua pisada leve no chão e se foi pela sombra do teu corpo.Dois dias depois andando pelo corredor vir ele pela escada sozinho,lendo o seus texto,mas uma vez comedo de errar alguma frase até por que se fazia dois dias que eu não o vejo minha colega estava do meu lado e disse VOCÊ VAI FALAR COM ELE QUEIRA OU NÃO,fui descendo as escadas cheguei perto dele e disse "oi te adicionei no msn só me aceitar eu já com vergonha com medo de ele falar algo de estranho ele disse "sim eu vir você te aceitei obrigado" eu quase parando ainda naquela voz incrível que ele tem meus olhos fixado nele disse "ceto tchau". A noite as 8:30 no perfil do seu msn em off mandei uma mensagem instantânea dizendo oi mas foi aquele oi quase parando com tremor junto com a tristeza dois minutos depois um OI cheio de atenção e humor era ele tivemos uma conversa longa,trocamos musicas até eu dizer boa boa noite e enquanto ele continuou online.Dia seguinte não vir mas e passei a sentir sua falta dias depois.


Nenhum comentário: