Um tumor contendo um cérebro e um crânio em miniatura foi encontrado crescendo no ovário de uma menina de 16 anos no Japão. O tumor de 1...

💜
2017

Bizarro: cérebro e crânio em miniatura são encontrados em ovário de menina de 16 anos

/
0 Comments

 
Um tumor contendo um cérebro e um crânio em miniatura foi encontrado crescendo no ovário de uma menina de 16 anos no Japão. O tumor de 10 centímetros de largura foi descoberto quando a menina foi submetida a uma cirurgia para remover o apêndice. Quando os médicos retiraram-no do corpo da adolescente, eles encontraram aglomerados de cabelos gordurosos emaranhados dentro, e uma estrutura cerebral de 3 centímetros de largura, coberta por uma fina placa de osso do crânio.




Uma análise mais detalhada revelou que era uma versão menor de um cerebelo – que geralmente se localiza debaixo dos dois hemisférios do cérebro. Uma massa em um lado se assemelhava a um tronco cerebral – a estrutura que normalmente se junta à medula espinhal.

Monstros por dentro

Cerca de um quinto dos tumores ovarianos contêm tecido estranho, incluindo cabelo, dentes, cartilagem, gordura e músculo. Estes tumores, que são normalmente benignos, são chamados teratomas, que vem da palavra grega “teras”, que significa monstro.
Embora a causa dos teratomas ovarianos seja desconhecida, uma teoria é que surgem quando células de óvulos imaturos agem de maneira inesperada, produzindo diferentes partes do corpo.
Células cerebrais são frequentemente encontradas em teratomas ovarianos, mas é extremamente incomum que elas se organizem em estruturas adequadas como o cérebro, diz Masayuki Shintaku, do Centro Médico Shiga para Adultos no Japão, que estudou o tumor.




Angelique Riepsamen, da Universidade de New South Wales, na Austrália, concorda. “Elementos neurais semelhantes aos do sistema nervoso central são frequentemente relatados em teratomas ovarianos, mas estruturas semelhantes ao cérebro adulto são raras”.O cérebro em miniatura até se desenvolveu de tal forma que impulsos elétricos poderiam ser transmitidos entre neurônios, assim como em um cérebro normal, diz Shintaku.

Confusão cerebral

A menina não experimentou quaisquer sintomas, neurológicos ou de outra forma. No entanto, já houve um punhado de relatórios em todo o mundo de mulheres com teratomas de ovário que desenvolveram alterações de personalidade, pensamentos paranóicos, confusão, agitação, convulsões ou perda de memória.




Alguns destes sintomas neurológicos podem surgir quando o sistema imunológico reconhece as células cerebrais no ovário como invasoras e lança um ataque, e as células no cérebro real da mulher podem acabar sendo atacadas também, levando a uma inflamação. Estes sintomas geralmente podem ser interrompidos removendo o tumor. A menina de 16 anos teve o tumor removido sem complicações e se recuperou bem. [New Scientist]


Nenhum comentário: