Você já ouviu por aí que deveríamos todos casar com nossos melhores amigos? Dennis e Linda Anfuso já. E levaram isso tão a sério que f...

💜
2017

O que podemos aprender com o casamento de um homem gay com uma mulher lésbica que já dura 33 anos

/
0 Comments


Você já ouviu por aí que deveríamos todos casar com nossos melhores amigos? Dennis e Linda Anfuso já. E levaram isso tão a sério que foram parar no altar, mesmo ela sendo lésbica e ele, gay. Juntos há mais de 3 décadas, entre altos e baixos, como qualquer tipo de relacionamento, ainda vivem o mais puro amor. Sabe o que podemos aprender com eles?

Como conta este mini documentário produzido pelo Huffington Post, o casal se conheceu na faculdade de artes e a primeira aproximação se deu pelo encanto que ambos nutriam pela história d’O Mágico de Oz. Assim, entre desenhos e trabalhos acadêmicos, descobriram-se melhores amigos e criaram um pelo outro o sentimento de amor. O prazer de estarem o tempo todo juntos e a necessidade de ter um ao outro fez com que a amizade se transformasse em casamento.

Mas nesse contrato social, eles deixaram de fora coisas como a paixão e o sexo. “Nós só nos beijamos duas vezes. Nós nunca transamos. Apenas nos beijamos duas vezes“, conta ela, que encara o companheirismo como um fator muito mais determinante para o casamento do que o prazer sexual.
Você se casa com quem você se casa e você ama quem você ama e não há jeito de entender isso“, completa.

casamento-amizade

Embora não houvesse contato íntimo, os dois sempre foram como qualquer outro casal, que sonha em comprar uma casa, ter uma vida feliz e, por que não, filhos. Aliás, foi quando Linda decidiu ir ao ginecologista para verificar a possibilidade de ter um filho que ela descobriu ser intersexual. Isto é, ela possui genitália feminina e masculina – esta, pouco desenvolvida, mas existente.

Hoje Linda tem 59 e Dennis, 60. Há alguns ela foi diagnosticada com distrofia muscular, um tipo de doença que provoca a degeneração progressiva dos músculos, limitando os movimentos da pessoa. Segundo os médicos, Linda não teria muito tempo de vida, mas até então ela tem contrariado as apostas médicas e o diagnóstico tem tornado a rotina do casal ainda mais especial. “Eu pergunto para Linda de manhã ‘você está a fim de sair hoje?’ E se ela está a fim de sair, a gente sai. […] Não deixe pra lá. Faça agora porque você não sabe. E se tiver um amanhã, você faz outra coisa. Mas você não vai ficar pensando que não fez o que gostaria de ter feito“, explica ele.
O documentário completo pode ser assistido aqui.










casamento-amizade15

Todas as imagens © Huffington Post