Tento quebrar o vazio que há em mim através de palavras insignificantes Deixo-as sair em simples lágrimas que me acompanha todos os insta...

💜
2017

Perdida

/
0 Comments
Tento quebrar o vazio que há em mim através de palavras insignificantes Deixo-as sair em simples lágrimas que me acompanha todos os instantes Sei que o que sou não te agrada mas não posso ser mais do que sou Apenas posso ser eu eu sou a alma que o vento levou Menina de pulso frágil sem orgulho de olhos sensíveis e chorões Não sou mais que um corpo vazio procurando-se em mil corações Lamento não ser o que desejas mas lamento mais não conseguir ser feliz Não posso forçar o meu destino deixando-o como Deus quis Tudo a minha volta me quebra havendo algo que me quebra mais É a falta de inspiração que me sufoca afastando-me mais do meu cais Vivo das minhas palavras alimento-me dos meus versos Bebo as minhas lágrimas sorrindo com os meus restos A falta de incentivos que me quebram a alma matam-me conforme passa o tempo Procuro palavras no meu mundo deixando-me navegar pelo templo E assim vou morrendo conforme o tempo passa As portas fecham-se para mim e eu fico aqui Rodeada de sangue esperando pelo fim Tentando encontrar outro mundo que não se encontra dentro de mim Não é tudo o que sinto mas é tudo o que consigo escrever Esperando pelo momento de ser feliz até que um dia deixe de viver


Nenhum comentário: